Jogo Aberto

Weverton chama Felipe Melo de fenômeno e revela “conselho” a Deyverson

Em entrevista exclusiva ao Jogo Aberto, goleiro do Palmeiras também exaltou Abel Ferreira

Da Redação, com Jogo Aberto 26/10/2021 • 12:38 - Atualizado em 26/10/2021 • 12:45

Convidado especial do Jogo Aberto desta terça-feira (26), Weverton foi só elogios a Felipe Melo, volante que fez o gol da vitória por 2 a 1 do Palmeiras na última segunda, diante do Sport, mas que ainda não sabe se vai continuar no clube no ano que vem. O goleiro chamou o colega de “craque” e “fenômeno” e disse ter certeza de que a diretoria está atenta ao desempenho do veterano.

No papo com Renata Fan e Denílson Show, Weverton também abriu o jogo sobre a relação do grupo com o técnico Abel Ferreira e o que achou de o criticado atacante Luiz Adriano fazer um gesto de silêncio às arquibancadas após marcar contra os pernambucanos. 

O camisa 21 do Verdão ainda arrancou risadas ao contar o que disse para Deyverson quando as imagens do atacante invadindo o gramado contra o Atlético-MG, na Libertadores, vieram à tona. 

Confira abaixo os destaques da entrevista com Weverton: 

Vitória de virada contra o Sport

“Ontem (segunda) foi um dos melhores jogos do Palmeiras pela postura, intensidade e o volume do jogo. O Sport está na zona do rebaixamento, mas tem uma das melhores defesas do Brasileiro. A gente soube se comportar muito bem. A torcida, mesmo a gente saindo perdendo logo aos 3 minutos, nos incentivou e foi fundamental. Estamos felizes e o Abel também. Fizemos tudo o que ele pediu, menos tomar o gol aos 3 minutos (risos)”.

Próximo duelo: “desesperado” Grêmio

“Não é uma situação fácil essa de lutar contra o rebaixamento, ainda mais uma equipe do tamanho do Grêmio. É sempre difícil na casa deles, também tem o fator torcida, que empurra, mas a gente vai procurar fazer o que sempre faz e buscar a vitória independentemente do adversário e do local do jogo. Ontem já assisti ao Grêmio, os melhores momentos, para saber mais. Eu respiro futebol e sou chato com isso. Agora temos até domingo para nos prepararmos para jogar bem”.

Abel Ferreira é um “baita cara”

“Estamos muito satisfeitos com o Abel. Não só com a performance dele dentro de campo e o trabalho vencedor, mas pela pessoa que é. Um baita cara que quer o bem do Palmeiras e dos jogadores. Gostamos da forma como ele trabalha. Não tem essa de definir o time no começo da semana. Ele deixa todo mundo alerta e pronto para jogar. Com essa forma de trabalho quem ganha é o Palmeiras. Gostamos do estilo dele e de toda a comissão. Esperamos que o Abel fique muito tempo e traga muitos títulos”. 

Preparação para final da Libertadores 

“A gente usa o lema que o Abel sempre fala de preparar bem pelo que vem pela frente. O jogo do dia 27 depende do que vamos construir até lá e do que fizermos no Brasileiro. Precisamos somar o máximo de pontos possível e principalmente performar bem. Isso é muito importante. Tem muita água pra passar sob a ponte e nosso adversário também está buscando o melhor. Vínhamos de resultados ruins e agora já são três vitórias. O emocional também é muito importante para uma final de jogo único”. 

Felipe Melo fica no Palmeiras?

“O Felipe Melo tá tendo uma performance excelente. Pelo que sei, dentro do clube, nunca cravou que ele não renovaria. Falaram de momento e futebol é momento. Hoje o momento dele é excelente. Acho que o Palmeiras está atento a isso e vai fazer o melhor para o Palmeiras e pro Felipe. Disse ontem pra ele que o Felipe é um fenômeno pelo que faz dentro de campo. Um craque. Estamos muito contentes com ele. É nosso capitão, um líder e um grande jogador. 

Gesto de silêncio de Luiz Adriano

Óbvio que esse tipo de gesto não traz nenhum benefício e ele sabe disso, mas também é preciso entender o lado do jogador, o calor do momento. Não tô dizendo que é certo, mas saber o que passa na cabeça do ser humano. Tenho certeza de que ele vai fazer o melhor pro Palmeiras. Centroavante vive de gol e quando marca às vezes acontece isso. Tenho certeza de que ele vai melhorar. O Luiz Adriano é importante, a torcida também e vamos dar o apoio que ele precisar. 

Invasão de Deyverson contra o Galo

Falei pra ele: ‘Deyvinho, se cancelar o gol você vai ter que sumir desse planeta'. Rapaz… Mas a gente conhece ele e sabe que ele dá a vida pelo Palmeiras. Foi uma reação de quem queria muito que fizesse o gol. Lógico que não se deve invadir o campo, mas ele se pudesse entrava e fazia. Ele quer o melhor pro Palmeiras. Um cara intenso que às vezes passa do ponto, mas dá a vida pelo clube sempre que joga.