Esportes

Mauro Galvão e Bebeto lamentam provável queda do Vasco: "Clube se perdeu"

Da Redação, com Terceiro Tempo 21/02/2021 • 19:43 - Atualizado em 29/03/2021 • 17:15
Terceiro Tempo repercutiu empate que praticamente mandou o Cruzmaltino para a Segundona
Terceiro Tempo repercutiu empate que praticamente mandou o Cruzmaltino para a Segundona
Reprodução

Convidado do Terceiro Tempo neste domingo (21), Mauro Galvão, ídolo do Vasco, lamentou o provável quarto rebaixamento da história do clube no Brasileiro. A equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo só empatou por 0 a 0 com o Corinthians e agora precisa vencer o Goiás na última rodada, além de tirar uma diferença de saldo de 12 gols. 

“infelizmente isso é o resultado de uma gestão totalmente desequilibrada, sem o mínimo de cuidado e respeito com a torcida. Fizeram o que queriam e trocaram treinador a todo momento”, disse o ex-zagueiro, campeão estadual, brasileiro, da Mercosul e da Libertadores com a camisa cruzmaltina. 

“Não conseguem segurar o Luxemburgo, depois vem Abel, Ramon, depois vem o Sá Pinto… Uma coisa é um português chegar ao Flamengo e ao Palmeiras, com grupo forte. Agora o Vasco tem jogadores médios… Antes de contratar precisa ver aonde jogou, o que ganhou… O Vasco se perdeu”, completou. 

O tetracampeão Bebeto, campeão brasileiro pelo Vasco em 1989, também falou sobre a situação dramática do clube. “Triste. Tirar 12 gols… Praticamente impossível. Meu filho Roberto é vascaíno e está muito triste com essa situação. Eu fico também. Tive a felicidade de jogar lá e ser campeão”, comentou.

Assista: 

  • mauro galvão
  • vasco
  • terceiro tempo
  • brasileirão