Os Donos da Bola

Neto ironiza reencontro do Flamengo com torcida e defende Renato Gaúcho

Apresentador do Donos disse que estão querendo "acabar com a carreira" do treinador

Da Redação, com Os Donos da Bola 01/12/2021 • 13:46 - Atualizado em 01/12/2021 • 15:00

As imagens de 47 mil torcedores no Maracanã apoiando o Flamengo na vitória por 2 a 1 contra o Ceará três dias depois de o Rubro-Negro perder a Copa Libertadores para o Palmeiras não sensibilizaram o Craque Neto. 

“Pô, o Corinthians coloca 40 mil toda hora com aquele time. Se não fosse o Renato Augusto, o Giuliano e o Roger Guedes a gente tava morto”, disse o apresentador do Donos da Bola. “Tomaram um sufoco do Ceará e ficam com isso de reencontro”.

Neto ainda falou que os “soberbos e mascarados” dirigentes do Flamengo têm mais culpa pela derrota no Uruguai do que Andreas Pereira, que falhou no gol decisivo de Deyverson na prorrogação da decisão. Ele aproveitou para defender o técnico Renato Gaúcho, demitido após o vice.

“O que fizeram com o Renato já fizeram com o Domenec e com o Rogério Ceni. Quiseram acabar com o Renato porque perdeu um título da Libertadores, por uma visão do que aconteceu contra o Grêmio. Com os números dele, ele não cairia em nenhum lugar do mundo. Não podemos esquecer o que ele fez como treinador e jogador. É um baita treinador”, concluiu.