Esportes

Pai de Abel Ferreira celebra sucesso do filho no Brasil: “Meu desejo é que cada vez seja melhor”

"Seu Sebastião" participou do Domingo Esportivo, com Milton Neves, na Rádio Bandeirantes

Da Redação, Rádio Bandeirantes 11/04/2021 • 10:23 - Atualizado em 11/04/2021 • 10:56
Abel Ferreria comanda treino do Palmeiras
Abel Ferreria comanda treino do Palmeiras
Reprodução/Twitter

Sebastião Ferreira, pai do técnico Abel Ferreira, do Palmeiras, conversou ao vivo com Milton Neves, Vinícius Bueno e Guilherme Cimatti sobre a carreira do filho, no Domingo Esportivo, da Rádio Bandeirantes, neste domingo, 11.

“Seu Sebastião” começou discordando de Abel, que recentemente disse ter se tornado um melhor técnico, mas um pior pai, marido e filho, por conta da distância da família, que continua em Portugal. “É um grande filho, um grande pai, um grande cunhado. É tudo”, afirmou Sebastião.

Milton exaltou o prestígio de Abel no Brasil e brincou dizendo que ele ficaria por aqui por mais uma década e que logo a família estaria reunida novamente, mas todos morando em São Paulo, arrancando risos do pai do treinador.

Meu desejo é que cada vez seja melhor. Seja treinar a seleção portuguesa, brasileira, europeia ou um clube

“Não sei vamos ver. É capaz de aparecer outra proposta melhor, não faço a ideia”, afirmou Sebastião, garantindo que não há nenhuma previsão de saída do filho por conta das críticas ao calendário brasileiro.

Sobre a infância, Sebastião contou que o filho era “sempre um rapaz humilde. Sempre com aquela disciplina. Saía poucas vezes, cumpria os horários. Foi sempre um jovem com responsabilidade”, comentou.  

Sebastião, que não conhece o Brasil, sempre torce para os times que o filho treina. “Quando ele joga é sempre o clube do pai, da mãe e da irmã. É o clube que a gente sempre vibra.”

“Meu desejo é que cada vez seja melhor. Seja treinar a seleção portuguesa, brasileira, europeia ou um clube. É meu sonho. Cada vez mais.”, finalizou Sebastião Ferreira sobre o futuro do filho no esporte.

  • esporte
  • Palmeiras
  • Abel Ferreria