Esportes

Palmeiras investiga possível segunda infecção pela Covid-19 por profissionais do clube

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 20/11/2020 • 06:36
Palmeiras investiga possível segunda infecção pela Covid-19 por profissionais do clube
Palmeiras investiga possível segunda infecção pela Covid-19 por profissionais do clube
Cesar Greco/SE Palmeiras

O departamento médico do Palmeiras segue investigando a causa de uma possível segunda infecção pela Covid-19 por quatro profissionais do clube. As informações são da repórter Gabrielle Guimarães, da Rádio Bandeirantes.

Eles contraíram a doença pela primeira vez em julho, quando tiveram sintomas leves. No último domingo, 15, porém, os exames do meia Gustavo Scarpa, do coordenador científico Daniel Gonçalves e de outros dois funcionários deram positivo novamente.

Desta vez, os profissionais têm apresentado reações mais pesadas, como febre e falta de ar. Segundo o coordenador médico do Palmeiras, os quatro funcionários estão sendo observados atentamente. 

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Gustavo Magliocca afirmou que não necessariamente se tratam de casos de "reinfecção".

O coordenador médico do Palmeiras disse ainda que uma possível segunda infecção só poderia ser comprovada a partir de uma comparação genética entre o primeiro e o segundo teste positivos. 

Membro do Centro de Contingência contra o Coronavírus em São Paulo, Marcos Boulos considera pouco provável que os funcionários tenham contraído novamente a doença. 

O infectologista aponta duas prováveis causas para o exame ter identificado o vírus pela segunda vez. 

O Palmeiras tem registrado um surto de Covid-19 nas últimas semanas. Entre jogadores, comissão técnica e funcionários, já são mais de 20 pessoas infectadas.

  • Palmeiras
  • segunda infecção
  • Covid-19