Esportes

Polícia identifica três agressores que participaram de emboscada a Tardelli

Atacante relatou momentos de terror após a eliminação do Santos na Copa do Brasil

Gustavo Soler, da Rádio Bandeirantes 16/09/2021 • 15:50

A polícia de Santos identificou três agressores que participaram da emboscada contra o atacante Diego Tardelli na madrugada de terça para quarta-feira (15). O trio prestará depoimento nesta sexta-feira.

A Torcida Jovem, principal organizada do Santos, colaborou no reconhecimento dos agressores e alega ter expulsado os torcedores do quadro associativo da entidade.

O jogador relatou nas redes sociais que teve o carro depredado e foi ameaçado de morte pelo grupo após a derrota por 1 a 0 do Peixe para o Athletico-PR na noite da última terça, resultado que eliminou o time alvinegro nas quartas de final da Copa do Brasil.

Veja mais informações sobre o Santos:

"A fase do time realmente não é das melhores, mas isso não justifica. Infelizmente. Passar pelo que eu passei, durante 15 anos de carreira, é muito triste passar por isso. Se quiser ir no CT, qualquer lugar cobrar, xingar. Mas agredir, quebrar carro, tacar o terror... Isso não cabe mais no futebol", desabafou.

Em nota, o Santos repudiou o ocorrido e ressaltou que dará todo o apoio para que as medidas legais sejam adotadas para o reconhecimento e a punição dos envolvidos. O clube também informou que não reconhece essas pessoas como torcedores e sim como bandidos.