Esportes

Mercado da bola: Principais contratações do futebol feminino em 2022

Clubes brasileiros investem mais para esta temporada

Carolina Lipares 14/01/2022 • 14:59 - Atualizado em 14/01/2022 • 18:55
Bia Zaneratto retorna ao Palmeiras
Bia Zaneratto retorna ao Palmeiras
Lucas Figueiredo/CBF

No ano de 2022, o mercado do futebol feminino começou bem agitado com muitos clubes investindo cada vez mais na modalidade. Desde o final de 2021 até agora, algumas transferências, renovações e contratações deram o que falar.

Começando pela contratação mais aguardada da janela de transferência. Bia Zaneratto retornou ao Palmeiras em definitivo. A atacante jogou a primeira fase do Brasileirão 2021, porém acabou retornando para China.

Bia teve proposta do Flamengo, mas o anúncio foi feito pelo Verdão na última semana do ano. Já em suas redes sociais, Júlia Bianchi anunciou nesta quarta-feira (12), que renovou com o Palmeiras por mais uma temporada. A zagueira Agustina, a meia Ary Borges e a atacante Ottilia, também ficaram no clube.

O Corinthians começou com as renovações. Adriana, que tinha chances de sair, renovou por mais uma temporada. A meia Tamires, Gabi Zanotti e a zagueira Erika também ficam mais uma temporada.

O primeiro anúncio de contratação do Timão foi Jaqueline, atacante que estava no São Paulo. Marisa e Andressa, que atuavam no futebol gaúcho, também foram anunciadas.

Uma das protagonistas do time, a atacante Vic Albuquerque, anunciou que não continuará mais no Corinthians na próxima temporada. A torcida também aguarda uma definição sobre a Cacau.

Outras saídas confirmadas foram a volante Ingryd, anunciada pela Ferroviária, e as zagueira Poliana e Pardal.

A Ferroviária também movimentou bem o mercado, anunciando grandes nomes para esta temporada. Uma das principais foi a volante Ingrid, ex-corinthians. Outro sete nomes também foram anunciados como reforço.

Twitter Guerreiras Grenás

Por outro lado, nove jogadoras não ficaram no clube: as laterais Letícia e Raquel, a zagueira Thaynara, as meias Samia e Leidiane, e as atacantes Ludmilla, Sochor, Raquel e Thaicyane.

O Santos anunciou apenas renovações. Cristiane, Ketlen, a meia Thaisinha e a lateral Bruninha estarão seguirão na temporada de 2022 com as Sereias da Vila.

Já o São Paulo, acertou contratação da Mimi e Pardal, duas ex-corinthians, por uma temporada. De saída, Duda e Cris que foram para o clube da Gávea e a zagueira Lauren, que foi anunciada pelo Madrid CFF.

Red Bull Bragantino, que subiu para a Série A1 ano passado, anunciou Rosana, ex-jogadora da seleção brasileira para assumir o comando da equipe.

Pelos lados do Rio de Janeiro, o Flamengo decidiu investir para tentar recuperar seu protagonismo no futebol feminino. Assim, o Fla contratou a camisa 10 Duda, que se sobressaiu pelo São Paulo e na seleção. A meio-campista Cris, que também atuava no Tricolor Paulista, se junta ao elenco.

Twitter Flamengo

Do lado do Internacional, que teve uma ótima campanha no Brasileirão de 2021 chegando à semifinal, quer mais nesta temporada. Há uma grande expectativa ainda na renovação de Fabi simões.

Algumas atleta como a goleira Vivi Hozel, Rafa Travalão e as atacantes Shashá e Wendy não renovaram. As zagueiras Bruna Benitez e Sorriso e a meia Djeni, renovaram com o clube.

Grêmio anunciou os reforços no início de Janeiro, como as atacantes Lyany, destaque no Flu e Cássia, que estava no 3B do Amazonas, para esta esta temporada

Atlético-MG vai disputar seu primeiro ano na Série A1. O clube anunciou 13 contratações, entre elas as goleiras Raíssa, ex-grêmio e Nicole Ramos, destaque das categorias de base

Em 2021, o Galo trocou de comando técnico, contratando Lindsay Camila, primeira mulher campeã da Libertadores Feminina pela Ferroviária.

O Cruzeiro perdeu um dos maiores nomes do time, a camisa 10 Duda. A Raposa ainda não fez nenhum anúncio oficial de reforços, porém algumas renovações foram confirmadas, como a atacante Vanessinha. Mariana Dantas, ex-jogadora, é outra novidade que vem para o cargo de supervisora.