Esportes

Rio quer ser candidato a sediar Mundial de Clubes de 2021

Secretário de planejamento confirmou intenção após Japão desistir de receber torneio da Fifa

Da Redação, com Jornal da Band 18/09/2021 • 07:57 - Atualizado em 18/09/2021 • 11:05
Maracanã pode voltar a ser palco do Mundial de Clubes
Maracanã pode voltar a ser palco do Mundial de Clubes
Tânia Rego/Agência Brasil

O Rio pode ser a sede do Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro, após a desistência de Tóquio, que alegou devido à pandemia.

A capital fluminense tem experiência com grandes eventos: o Maracanã já recebeu duas finais de copa do mundo, Olimpíada, e vários campeonatos importantes.

Nesta semana, o estádio voltou a receber público. Cerca de 6 mil pessoas acompanharam o jogo entre Flamengo e Grêmio, pela Copa do Brasil. A partida serviu de evento teste para a cidade.

E a prefeitura do Rio ficou tão satisfeita, que, a partir do dia 21, está liberada a presença de 50% de público nos estádios. Além disso, confirmou que o RIo de Janeiro pretende se candidatar para sediar o Mundial de Clubes.

“Estamos iniciando as discussões para que a final do Mundial de Clubes possa ser no Rio, à medida que Tóquio abriu mão. Estamos nos movimentando junto ao Flamengo , à CBF, e também junto à Fifa para que a cidade possa concorrer a sediar a final, temos total condição”, disse Pedro Paulo, secretário de Fazenda e Planejamento do Rio.

Agora, se a final acontecer na capital, o Flamengo tem chances de se classificar mesmo se não vencer a Libertadores, porque é o atual campeão brasileiro. Mas isso vai depender da data do torneio, ainda indefinida. Vivo na Libertadores, o Atlético-MG também pode ser um dos representantes do Brasil no torneio, assim como o Palmeiras, outro do País garantido na semi do torneio continental.

O Maracanã sediou a decisão do primeiro mundial organizado pela Fifa em 2000, vencido pelo Corinthians.

No Japão, as datas estavam previstas entre os dias 9 a 19 de dezembro.