Esportes

Veiga defende comemoração ‘com respeito’ ao Corinthians e vê Palmeiras em busca de 3 títulos

Da Redação, com Jogo Aberto 19/01/2021 • 12:40 - Atualizado em 19/01/2021 • 13:34
Raphael Veiga comemora gol sobre o Corinthians
Raphael Veiga comemora gol sobre o Corinthians
Van Roberto/WPP/Folhapress

A comemoração palmeirense após a goleada sobre o Corinthians foi caprichada. Os jogadores postaram vídeos festejando, cantando músicas que remetessem ao placar e até lives fizeram depois dos 4 a 0 sobre o rival, na última segunda-feira, 18, no Allianz Parque. Para Raphael Veiga, o grupo tem mesmo que comemorar, até porque não sabe quando viverá momento igual de novo.

“Jogar contra o Corinthians é sempre difícil, a gente sabe o peso. É um campeonato à parte. Futebol é isso, quando ganha tem que comemorar. Com certo respeito, mas tem que comemorar, porque no futebol as coisas mudam muito rápido. Nada mais justo comemorar com respeito”, declarou Veiga, autor de dois dos quatro gols no Corinthians, em entrevista nesta terça, 19, ao Jogo Aberto.

Tanto que o grupo nem quer pensar ainda no Flamengo, próximo adversário pelo Brasileirão. A partida está marcada para a quinta-feira, 21, mas um dia depois de golear um rival, Veiga só quer curtir o momento – inclusive como manda o chefe.

“A gente não projetou nada, fomos dormir tarde. O [técnico] Abel [Ferreira] fala que quando ganha ou perde, tem 24 horas para curtir [em caso de vitória]. Amanhã a gente vai pensar nisso”, afirmou.

Abel

O treinador ganhou vários elogios de Veiga, mesmo fazendo o time treinar até em dia de jogo, como aconteceu contra o Corinthians. Para não deixar os jogadores no quarto ociosos até a partida de noite, o treinador levou o grupo ao campo para fazer os últimos ajustes. Veiga aprova a ideia.

“A gente não está tendo muito tempo para treinar, e não dá para ficar no quarto o dia inteiro sem fazer nada. Às 11h fizemos algumas movimentações e ele passou algumas coisas que não deu para passar, alguns detalhes finais para a gente ir mais tranquilo para o jogo”, explicou o meia.

3 campeonatos

Tempo vai continuar artigo raro no Palmeiras. Isso porque o Verdão está em três competições simultaneamente: além do Brasileirão, o time tem pela frente as finais da Copa do Brasil, contra o Grêmio, e da Libertadores, diante do Santos – essa já no dia 30 de janeiro. Mas Veiga garante: o Palmeiras vai tentar ser campeão de tudo.

“É um jogo atrás do outro. A gente está na briga pelos três campeonatos. É muito difícil falar que a gente prefere um ou outro, porque ganhar é sempre bom, e a gente está conseguindo levar muito bem”, disse. Assista:

  • Palmeiras
  • Corinthians