band.uol.com.br

Esporte
Atualizado em 29/06/2014 12:29

Copa é o evento mais valorizado na América Latina

Levantamento realizado pela Kantar Worldpanel revelou que 8 em cada 10 pessoas na região acompanham as partidas do torneio
No Brasil, 85% da população seguem aos jogos / Rudy Trindade/Frame/Folhapress No Brasil, 85% da população seguem aos jogos Rudy Trindade/Frame/Folhapress

Uma pesquisa de mercado indica que a Copa do Mundo é o evento mais valorizado na América Latina. 

 

O levantamento realizado pela Kantar Worldpanel revelou que 8 em cada 10 pessoas na região acompanham as partidas do torneio. Aqui no país sede da competição, o número é ainda maior: 85% da população seguem aos jogos.

 

De acordo com o presidente da empresa no Brasil, Marcos Kalliari, a maioria assiste acompanhada e em casa, o que tem movimentado os setores que mexem com comida.

 

“Desses que assistem aos jogos em casa, praticamente 90% assistem acompanhados de alguma comida, alguma coisa para beber, em especial porque estão com amigos. Então, a gente vê o crescimento de algumas categorias muito fortes, como churrasco, pipoca e salgadinhos, na área de comida e snacks. E, em bebida, evidentemente, refrigerante e cerveja”. 

 

Marcos Kalliari relata que o aumento do consumo não ocorre só durante o momento do jogo e o comportamento se propaga ao longo de todo o torneio. Segundo ele, as empresas produtoras, de distribuição e o comércio em geral enfrentam neste momento o desafio de suprir a demanda com o reabastecimento dos produtos.

 

A pesquisa aponta ainda que o número de mulheres que acompanham os jogos tem aumentado durante o mundial e a rivalidade entre brasileiros e argentinos continua.

 

“A gente aproveitou para perguntar justamente isso: Quem você enxerga como maior rival? Para os brasileiros, certamente enxergamos os argentinos como os maiores rivais – em torno de dois terços dos entrevistados responderam isso”. 

 

Kalliari completou que “a recíproca é incrivelmente similar: praticamente o mesmo percentual de argentinos também considera os brasileiros os maiores rivais. Então, acho que há um respeito e uma rivalidade mútua nesse sentido”. 

 

A pesquisa revelou que para os chilenos, os brasileiros também são os principais rivais e que a Copa no Brasil é vista como um momento de união nacional, celebração e uma mistura de sensações.

 

O estudo foi realizado em 10 países da América Latina com mais de sete mil pessoas.