Band Minas

Diretor do Shopping Oiapoque é indiciado por assédio e importunação sexual

Mariana Reis* 25/06/2022 • 17:27 - Atualizado em 27/06/2022 • 13:14
Diretor foi denunciado em setembro do ano passado
Diretor foi denunciado em setembro do ano passado
Reprodução / Google Street View

A defesa do Shopping Popular Oiapoque informa que o diretor comercial do estabelecimento seguirá no cargo após ser indiciado pela Polícia Civil por assédio e importunação sexual.

De acordo com o advogado Frederico Pires, Luiz Artur Brandão foi indiciado em um único inquérito policial dos 6 que era investigado e continuará desempenhando a função normalmente.

Em setembro do ano passado, Luiz Artur Brandão foi denunciado por sete mulheres por assédio e importunação sexual. As denúncias partiram de funcionárias do centro popular de compras.

Na época, as vítimas acusaram o diretor de pedir fotos íntimas, além de tocar no corpo delas e tentar beijá-las a força.

A Polícia Civil informou que que ele segue sendo investigado em outros dois procedimentos em curso na Delegacia Especializada em Investigação de Crimes Sexuais.

Além disso, outros dois inquéritos foram arquivados por prescrição, um deles por ausência de indícios mínimos de autoria. O diretor comercial do Shopping Oiapoque, localizado no centro de Belo Horizonte, foi indicado pela Polícia Civil por assédio e importunação sexual.

*Sob supervisão de Laryssa Campos