Band Minas

Frio intenso é apontado como causa de milhares de mortes

Redação 05/07/2022 • 13:02
Baixas temperaturas causaram mais de 10% das mortes por infecções respiratórias
Baixas temperaturas causaram mais de 10% das mortes por infecções respiratórias
Reprodução

Com as mudanças climáticas registradas nos últimos anos, 6% das mortes em cidades da América Latina são causadas por temperaturas extremas. O resultado é de uma pesquisa com participação da UFMG, que revela ainda que as populações mais vulneráveis são as mais afetadas.

O estudo também aponta que mais de 10% das mortes por infecções respiratórias têm como causa o clima muito frio, sendo que as temperaturas consideradas extremas variam de região para região.

Para a pesquisa, foi observada a taxa de mortalidade em 326 cidades de nove países da América Latina, com análise de mais de 15 milhões de óbitos.