Band Minas

Guarda é afastado após usar arma de choque em abordagem truculenta em posto

Nas imagens é possível ver os dois discutindo, até que a mulher tenta passar pelo portão e o homem impede usando uma taser, uma arma de choque

Camila Madeira

Ele tenta imobilizá-la com disparos, até ela cair no chão
Ele tenta imobilizá-la com disparos, até ela cair no chão
Reprodução

Um agente da Guarda Civil Municipal de Belo Horizonte vai ser afastado das funções depois de uma abordagem truculenta a uma mulher, nessa quinta-feira (28), dentro de um posto de saúde do bairro Alto Vera Cruz, região Leste. Toda a ação foi gravada.

Nas imagens é possível ver os dois discutindo, até que a mulher tenta passar pelo portão e o homem impede usando uma taser, uma arma de choque. Ele tenta imobilizá-la com disparos, até ela cair no chão. Pessoas que estavam no local tentaram impedir as agressões dizendo que a mulher seria “doente”.

Em nota, a prefeitura lamentou o ocorrido e informou que o caso será apurado com rigor pela Corregedoria da Guarda Civil Municipal. Disse também que os agentes são orientados e treinados a agirem sempre observando a legalidade e o respeito aos direitos humanos.

Tópicos relacionados