Band Minas

Operação lesa pátria cumpre 10 mandados em MG; outros 15 são cumpridos em Santa

O prejuízo aos cofres públicos pode chegar a R$ 40 milhões

Bárbara Sobreira

O foco é identificar financiadores, participantes e incitadores dos ataques de invasão
O foco é identificar financiadores, participantes e incitadores dos ataques de invasão
Marcelo Camargo/Agência Brasil
Topo

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (30) a 22° fase da Operação Lesa Pátria. Foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão e três de prisão preventiva em Minas Gerais e Santa Catarina. O foco é identificar financiadores, participantes e incitadores dos ataques de invasão, violência e danos ocorridos em 8 de janeiro no Palácio do Planalto, Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal, em Brasília.

Dos mandados expedidos, 10 são de alvos em Minas Gerais, sendo oito em Uberaba, um em Sacramento, no Triângulo Mineiro, e um em Conselheiro Pena, no Vale do Rio Doce.

Os atos ocorridos em 8 de janeiro são enquadrados como crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido. O prejuízo aos cofres públicos pode chegar a R$ 40 milhões.

Tópicos relacionados