Notícias

AfD forma novo grupo de ultradireita no Parlamento Europeu

Excluída de sua bancada na legislatura europeia anterior devido a escândalo de relativização do nazismo, sigla alemã é majoritária na nova Europa das Nações Soberanas.

Por Deutsche Welle

O partido Alternativa para a Alemanha (AfD) anunciou nesta quarta-feira (10/07) ter formado no Parlamento Europeu uma nova bancada ultradireitista, a Europa das Nações Soberanas, com 25 deputados de oito países. Seus dois presidentes são René Aust, da populista de direita AfD, e Stanislaw Tyszka, do polonês Konfederacja.

Na segunda-feira já havia sido divulgada a criação de outro grupo de direita radical: Patriotas da Europa, com 84 deputados, sobretudo da francesa Reunião Nacional (RN) e do Fidesz da Hungria. Seu presidente é Jordan Bardella, líder da RN, que acaba de ficar em terceiro lugar no segundo turno das eleições parlamentares antecipadas em seu país.

No fim da legislatura europeia anterior, a bancada Identidade e Democracia (ID) – reunindo, entre outros, a RN, a italiana Liga e o belga Interesse Flamengo (VB) – excluíra a AfD, devido a declarações controversas de um de seus integrantes sobre a SS nazista. No novo Europa das Nações Soberanas, o partido alemão é majoritário, com 14 dos 25 eurodeputados.

av (AFP,DPA)

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais