Notícias

STF determina prisão preventiva de blogueiro bolsonarista Allan dos Santos

Alexandre de Moraes pediu que o Ministério da Justiça inicie processo de extradição dele que, atualmente, está com visto vencido nos EUA

João Pedro Melo, da BandNews FM, com BandNews TV 21/10/2021 • 15:25 - Atualizado em 21/10/2021 • 20:47

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a prisão preventiva do blogueiro bolsonarista Allan dos Santos.

O magistrado ainda pediu que o Ministério da Justiça inicie imediatamente o processo de extradição dele que, atualmente, está com visto vencido nos Estados Unidos desde fevereiro, após deixar o Brasil em agosto e entrar em solo americano com visto de turismo.

Moraes ordenou ainda que a Polícia Federal inclua o mandado na lista da Difusão Vermelha da Interpol para garantir que ele seja capturado e retorne ao Brasil. Também foi acionada a embaixada dos Estados Unidos.

A decisão atende a um pedido da Polícia Federal e foi decretada no último dia 5 de outubro, mas só foi revelada nesta quinta-feira (21), quando as autoridades começaram a ser notificadas da decisão. O processo corre em segredo de Justiça. A decisão teve parecer contrário do procurador-geral da República, Augusto Aras.

Alexandre De Moraes também mandou as redes sociais que bloqueiem os canais do blogueiro no prazo máximo de 24 horas.

Aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Allan dos Santos é investigado no âmbito do inquérito das fake news em dois inquéritos: o que investiga crimes praticados mediante a propagação de notícias falsas, denunciações caluniosas e ameaças contra os membros do STF, além de suspeita de integrar uma “milícia digital”, investigada pelo financiamento e produção de conteúdo antidemocrático.

No último dia 11 de outubro, as investigações foram prorrogadas por mais 90 dias.