Notícias

Atirador que matou seis durante desfile nos EUA planejou ataque há semanas

Segundo os investigadores, o suspeito, identificado como Robert Crimo Terceiro, de 21 anos, atirou pelo menos 70 vezes aleatoriamente contra a multidão, de cima do telhado de um prédio.

Da redação, com BandNews TV 05/07/2022 • 15:25 - Atualizado em 05/07/2022 • 18:53

A polícia de Highland Park, nos Estados Unidos, concluiu que o ataque que deixou seis mortos durante o desfile de 4 de julho foi planejado pelo atirador há várias semanas.

Segundo os investigadores, o suspeito, identificado como Robert Crimo Terceiro, de 21 anos, atirou pelo menos 70 vezes aleatoriamente contra a multidão, de cima do telhado de um prédio.

Ele usava roupas femininas para tentar se esconder e conseguiu acesso ao edifício pela escadaria de incêndio. Depois do ataque, o agressor foi para a casa da mãe, na mesma região, e pegou o carro dela para fugir. Mas, acabou sendo detido pela polícia depois de uma perseguição.

Os investigadores disseram que o rifle usado no ataque foi comprado pelo atirador no próprio estado de Illinois, legalmente. E um segundo rifle, atribuído a ele, foi encontrado dentro do carro do suspeito. Tudo indica, segundo a polícia, que Robert Crimo agiu sozinho. Mas a motivação ainda é desconhecida.