Notícias

Serial killer do DF foi avistado por duas vezes e pode estar ferido, diz secretário

Lázaro Barbosa, de 32 anos, trocou tiros com os policiais na tarde desta quinta (17). Buscas entrarão no 10º dia

Da Redação, com Band Notícias e Bandnews TV 17/06/2021 • 22:42 - Atualizado em 18/06/2021 • 00:07

O secretário de segurança pública de Goiás, Rodney Miranda, afirmou que o serial killer Lázaro Barbosa possivelmente está ferido. Nas buscas da força-tarefa, foi encontrado um pano ensanguentado pela mata. As informações são de Erick Mota, no Band Notícias

“Nosso cão farejador farejou ele. Possivelmente, ele esteja ferido”, relatou Miranda em coletiva para a imprensa na noite desta quinta-feira (17).

Segundo o secretário, o criminoso de 32 anos foi avistado por duas vezes nesta quinta e chegou disparar contra os policiais em um milharal, mas nenhum agente ficou ferido. Testemunhas relatam ter ouvido aproximadamente 50 disparos.

Para Miranda, os últimos fatos demonstram que o serial killer está exausto e começando a cometer erros. 

De acordo com o secretário, ele fugiu por uma vala, possivelmente por um rio, da região rural entre Cocalzinho e Edilândia, em Goiás. A polícia garante estar fechando o cerco contra Lázaro, mas o terreno muito extenso e com depressões dificultam as buscas, além da familiaridade do criminoso com a região. As equipes farão varreduras na região, e as buscas serão retomadas na manhã desta sexta (18).

"Ele entrou em uma vala, em uma depressão, possivelmente na água, e os policiais perderam o rastro dele ali, mas nós estávamos com muitas equipes lá", explicou.

O secretário lembrou que última vez em que o psicopata esteve em fuga, na Bahia, ele ficou por 15 dias sem comida e só foi encontrado por estar ferido. 

Lázaro Barbosa de Souza está sendo procurado pela polícia desde o dia 9 de junho por matar quatro pessoas no Distrito Federal. Para sua captura, foram mobilizados cerca de 270 policiais - o reforço da Força Nacional ainda não chegou ao local por detalhes logísticos.

Durante a fuga, ele atirou em 3 pessoas, colocou fogo em uma casa e roubou carros. Sempre armado, o serial killer, que era mototaxista, roubava vizinhos e abusava de mulheres. 

Além dos crimes recentes no DF e Goiás, ele responde por homicídio na Bahia, onde tem um mandado de prisão decorrente de uma condenação por estupro e roubo com arma de fogo em Brasília, além da suspeita de um ataque com golpes de machado na cabeça de idosos em Goiás. Ele já foi preso, mas fugiu.

O serial killer Lázaro Barbosa

Vídeo: veja imagens da casa em que Lázaro vivia

  • lázaro barbosa
  • serial killer
  • goiás
  • polícia