Blog do Datena
Notícias

Ciro critica "conchavo gigantesco" de Lula: "Quer juntar Alckmin e Boulos"

Datena 24/01/2022 • 11:26

O pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) criticou nesta segunda-feira (24), em entrevista à Rádio Bandeirantes, o “conchavo gigantesco” que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estaria fazendo para “vencer as eleições sem o povo”. Segundo Ciro, buscar alianças com nomes de vertentes muito distintas, como Geraldo Alckmin (ex-PSDB) e Guilherme Boulos (PSOL), deve causar problemas futuramente para o petista.

“Todo mundo está assistindo o Lula fazendo um conchavo gigantesco que, em São Paulo, pretende juntar Alckmin com Guilherme Boulos. Para quê? Salvar o Brasil? Mudar o modelo econômico? Mudar salário, renda, o jeito que o Brasil trata o meio ambiente? Não. O grande conchavo é para resolver, sem o povo, sem debate, as eleições”, disse.

“O que tem em comum o que Alckmin pensa e o que Boulos pensa? Se juntar gato, sapato, cachorro, lata, ferro elétrico e arame farpado no mesmo bolo, vai dar problema. Às vezes, as uniões nacionais são importantes. Juntar todo mundo para acabar com a ditadura? Tinha motivo, claro. Mas para derrubar Bolsonaro é pouco. Todos derrubaremos, é só ter paciência”, completou.

Lançado oficialmente como pré-candidato pelo PDT na última sexta (21) e com a possibilidade de ter Marina Silva (Rede) como vice, o ex-governador do Ceará ainda afirmou que alguns postulantes ao pleito, incluindo Sergio Moro (Podemos), Lula e o atual presidente Jair Bolsonaro (PL), "pretendem fugir dos debates para que o povo vote no escuro".

"Estou chamando Sergio Moro para um debate e ele foge como o diabo foge da cruz. Vou para o debate com qualquer um. João Doria (PSDB), Luiz Felipe d'Avila (Novo), Rodrigo Pacheco (PSD)... Quero ir com Lula, mas ele está combinando com Bolsonaro de fugir dos debates. Atenção! Vamos cobrar, eles estão combinando de não ir aos debates para que povo brasileiro vote no escuro."