Notícias

Bola, amigo de Bruno e condenado pela morte de Eliza Samudio, é preso em MG

Ex-policial foi condenado a 22 anos de prisão, mas estava cumprindo pena em casa

Da Redação, com Bandnews FM 24/11/2021 • 16:08 - Atualizado em 24/11/2021 • 22:35

O ex-policial Marcos Aparecido dos Santos, mais conhecido como Bola, foi preso em Vespasiano, na Grande Belo Horizonte, nesta quarta-feira (22). Ele é um condenados pela morte da modelo Eliza Samudio, que aconteceu a mando do ex-goleiro Bruno em 2010.

O motivo da prisão desta quarta foi a revogação da prisão domiciliar. Ele só tinha saído do regime semiaberto por causa da pandemia de covid-19, mas agora, com a situação mais controlada, Bola poderá ficar mais tempo na cadeia.

No regime semiaberto Bola pode trabalhar durante o dia, mas tem que voltar à noite para prisão.

Caso Eliza Samudio

Em 2013, Bola foi condenado a 22 anos de prisão pela morte de Eliza Samudio e pela ocultação do cadáver.  

Eliza Samudio foi sequestrada e morta em 2010. Foto: Reprodução

Em 27 de março de 2020, Bola foi liberado para ficar em prisão domiciliar, monitorado por tornozeleira eletrônica.

Bola era amigo de Bruno, que tinha um relacionamento com Eliza. O ex-goleiro foi condenado a mais de 20 anos por envolvimento no crime, mas está cumprindo a pena em regime aberto.

Recentemente Bruno virou notícia por comprar um carro que custa cerca de R$ 80 mil, apesar de dever pensão alimentícia para o filho no valor total de R$ 3 milhões.

Eliza Samúdio foi vista, pela última vez, em um sítio do goleiro, em Esmeraldas, na região metropolitana de Belo Horizonte.

Em 2013, Bruno foi condenado a mais de 20 anos de prisão por homicídio triplamente qualificado e pelo sequestro e cárcere privado do filho. Para um dos advogados de vários dos réus, na época, Ércio Quaresma, houve erros na condenação.

Poucos meses antes do crime, a própria jovem denunciava, na imprensa, as agressões. Eliza chegou a pedir na Justiça uma medida protetiva, com base na Lei Maria da Penha, mas o pedido foi negado.