Notícias

Bolívia reconhece o primeiro casamento civil entre pessoas do mesmo sexo

Da redação, com BandNews TV 12/12/2020 • 17:16 - Atualizado em 12/12/2020 • 17:17
Bolívia reconhece o primeiro casamento civil entre pessoas do mesmo sexo
Bolívia reconhece o primeiro casamento civil entre pessoas do mesmo sexo
Reprodução/BandNews TV

A Bolívia reconheceu pela primeira vez a união civil de pessoas do mesmo sexo. David Aruquipa, empresário, e o advogado Guido Montaño vivem juntos há 11 anos e finalmente, nesta sexta-feira, 11, tiveram o casamento reconhecido no cartório do registro civil de La Paz. Informações são da BandNews TV. 

Os dois tentavam formalizar a união desde 2018, mas tiveram o pedido negado, porque a constituição do país, criada em 2009 pelo governo de Evo Morales não permite o casamento homoafetivo. Os dois levaram o caso à Justiça, por acreditarem que a proibição é discriminatória e viola padrões internacionais de direitos humanos. 

O casal já havia tentado, em 2018, formalizar a união, mas tiveram pedido negado.