Notícias

Bolsonaro nomeia Bruno Bianco para a Advocacia-Geral da União

Ele chega para o lugar de André Mendonça, que foi indicado pelo presidente para assumir uma vaga no STF

Da Redação, com BandNews TV e BandNews FM 05/08/2021 • 15:56 - Atualizado em 05/08/2021 • 23:01

O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta quinta-feira (5) a nomeação de Bruno Bianco para a Advocacia-Geral da União.

Bianco chega para o lugar de André Mendonça, que foi indicado pelo presidente para assumir uma vaga no Supremo Tribunal Federal - seu nome só será confirmado após passar por sabatina de senadores. Mendonça pediu exoneração nesta semana para se dedicar integralmente ao tema, inclusive com visitas ao Senado. 

Opositores questionam a nomeação, dizendo que o presidente Jair Bolsonaro está colocando um aliado político em um cargo técnico em um momento que o Palácio do Planalto tenta avançar com a PEC dos Precatórios. 

Bianco havia sido nomeado recentemente como secretário-executivo do Ministério do Trabalho e Previdência, o número 2 da pasta recém-criada por Bolsonaro e chefiada por Onyx Lorenzoni.

O novo chefe da AGU é advogado de carreira do órgão e se destacou durante as negociações da reforma da previdência, em 2019, como secretário especial da Previdência Social.

Em análise para o BandNews TV, o comentarista Sérgio Amaral vê a nomeação como influência de Paulo Guedes, como forma de ter alguém ligado ao Ministério da Economia para defesa de pautas da pasta em causas que possam impactar os cofres públicos.

Pouco depois da oficialização, o novo advogado-geral da União agradeceu a indicação de Bolsonaro em seu perfil do Twitter.

  • bruno bianco
  • agu
  • bolsonaro
  • Advocacia-Geral da União