Notícias

Bombeiro morre afogado após passar mal enquanto surfava no litoral de São Paulo

Equipe do Samu tentou reanimar o surfista de 50 anos por 30 minutos na Praia das Pitangueiras, no Guarujá

Por Luiza Lemos

Bombeiro morre afogado após passar mal enquanto surfava no litoral de São Paulo
Reprodução/Instagram

Um bombeiro aposentado de 50 anos morreu após ter um mal súbito e se afogar na Praia das Pitangueiras, no Guarujá, litoral de São Paulo. Segundo o Grupamento de Bombeiros Marítimos (GBMar), Wilson Santos Moya chegou a ser resgatado do mar, mas não resistiu. 

O homem, aposentado do sexto grupamento de bombeiros de São Paulo, estava surfando, como era de rotina. Segundo o sargento Rocha, responsável pelo GBMar, Wilson desmaiou durante a prática. “Ele demorou para subir, os colegas estranharam e quando foram ver, ele estava apagado no fundo do mar", conta. 

O mal súbito ocorreu pela tarde de sexta-feira (2). Segundo o GBMar, equipes do grupamento e do Samu participaram do resgate de Wilson e tentaram reanimá-lo por 30 minutos, sem sucesso. 

Este é o segundo caso de morte por afogamento no Guarujá em menos de um mês. No último dia 27, outro surfista, de 45 anos, morreu na Praias das Astúrias. 

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais