Notícias

Bruno Covas não quis se afastar da Prefeitura de São Paulo

Afastamento de 30 dias foi recomendação dos médicos que acompanham o tratamento

Da Redação, com Rádio Bandeirantes 03/05/2021 • 17:08 - Atualizado em 03/05/2021 • 17:49

A decisão de se afastar da Prefeitura de São Paulo não foi de Bruno Covas (PSDB). As informações são do jornalista Marco Antônio Sabino em sua coluna “Insights”, na Rádio Bandeirantes (ouça acima).

O afastamento de 30 dias foi recomendação dos médicos que acompanham o tratamento.

Agora, o vice-prefeito, Ricardo Nunes (MDB), assume interinamente a gestão da maior cidade do país.

Ele tem sido chamado para reuniões mais fechadas com integrantes do governo Covas.

A postura do vice tem sido elogiada – discreto, prestativo e cuidadoso na fala.

Ricardo Nunes foi vereador e ligado do presidente do MDB, Baleia Rossi, e tem um bom trânsito com o ex-presidente Michel Temes.

A coluna “Insights” acontece às segundas, quartas e sextas-feiras às 14h com Joel Datena e Ana Paula Rodrigues no Bora Brasil, da Rádio Bandeirantes.

  • Bruno Covas
  • São Paulo
  • Ricardo Nunes