Notícias

Homem que matou filhos envia vídeo ameaçando ex-mulher de dentro da prisão

Duas gravações foram enviadas pelo condenado de dentro da Penitenciária Estadual de Charqueadas (PEC) no Rio Grande do Sul

Da Redação, com Bora Brasil 25/05/2022 • 09:05 - Atualizado em 25/05/2022 • 09:22

João Guatimozin Moojen Neto, condenado a 28 anos de prisão pela morte dos dois filhos e pela tentativa de feminicídio contra Bárbara Penna em 2013, enviou novas ameaças à ex-mulher gravadas de dentro da Penitenciária Estadual de Charqueadas (PEC), no Rio Grande do Sul, no início deste mês de maio. 

Os vídeos foram enviados a uma rede social de Bárbara, ativista dos direitos das mulheres. No primeiro, o condenado caminha sorrindo livremente pelo presídio. Já no segundo, ele diz “eu te amo” em tom irônico. 

Ela contou que as imagens foram enviadas por um perfil com o qual, inicialmente, ela tinha uma conversa amigável e não aparentava ter relação com o ex-marido. Mas, logo em seguida, ele encaminhou o material.

Penna bloqueou o perfil e depois, ao tentar localizá-lo para apresentar à polícia, não o encontrou mais na rede social. 

Com os vídeos gravados, a ativista foi até a 1ª Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) e solicitou uma medida protetiva contra Moojen Neto. 

O Departamento Penitenciário Rio Grande do Sul transferiu o homem para um presídio onde há bloqueador de sinal de celular.