Bora Brasil

Rita Lee é homenageada em exposições no Metrô de São Paulo

Cidade de São Paulo homenageia a rainha do rock brasileiro com exposições nas estações Campo Belo, da linha 5-Lilás, e Sé, da linha 1-Azul

Da Redação

A estação Campo Belo, da linha 5-Lilás da ViaMobilidade, recebe no mês de julho uma exposição especial, no mês do rock, em homenagem a cantora e compositora Rita Lee, a rainha do rock brasileiro, que morreu em maio deste ano

A exposição, desenvolvida pela artista visual Gaby Alves e com curadoria de Vera Simões, da Galeria VerArte, está localizada no mezanino intermediário da estação e ficará exposta até o dia 31 de julho.

A homenagem em forma de exposição para a rainha do rock brasileiro conta com dez painéis frente e verso, retratando bordados e pinturas sobre a vida da artista. 

Estação da Sé 

Além da estação Campo Belo, a exposição “Rita Lee como vovó Ritinha por Guilherme Francini” é inaugurada nesta quinta-feira (13) na estação da Sé, na Linha 1-Azul do Metrô de São Paulo. O evento de abertura será às 14h e os usuários do metrô poderão apreciar a obra da rainha do rock brasileiro até 13 de agosto. 

O metrô de São Paulo convidou o artista Guilherme Francini para preparar a exposição, que conta com 20 painéis com ilustrações dos livros infantis de Rita Lee e desenhos inéditos do designer, que trabalhou com a cantora. 

“Eu chamo a Rita Lee de ‘fada-madrinha’, porque nossa parceria começou de maneira inusitada. Sem nunca ter visto um desenho meu, ela me convocou: ‘Você vai ilustrar meu livro’. Sem nunca ter feito uma ilustração profissional, aceitei o desafio. Devo minha carreira como ilustrador à Rita”, publicou o artista Guilherme Francini nas redes sociais. 

Banner Whatsapp

Mais notícias

Carregar mais