Bora Brasil

Taxista discutiu com motoboy antes de atropelá-lo no RJ, dizem testemunhas

O caso aconteceu em Vila Isabel e foi registrado por câmeras de segurança

Ádison Ramos

Testemunhas disseram à Polícia Civil do Rio de Janeiro que houve uma discussão segundos antes de um taxista atropelar e matar o motoboy Alan Rodrigues Salles, de 22 anos, em Vila Isabel, na última sexta-feira (31).  

O caso aconteceu na rua Teodoro da Silva e foi registrado por câmeras de segurança. As imagens mostram a motocicleta ultrapassando o carro por volta das 19h. Os dois veículos ficam emparelhados e, em seguida, o táxi atropela a moto e derruba Alan, que desliza no asfalto até bater contra um poste.  

As testemunhas contaram que o motorista teria se irritado quando o motoboy passou ao seu lado encostando no retrovisor.  


O taxista fugiu sem prestar socorro. Ele já foi identificado pela polícia e deve ser intimado para depor nesta semana. O caso é inicialmente investigado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar. A família pede a mudança para homicídio doloso. 

O corpo de Alan Rodrigues Salles foi enterrado no domingo (2). Familiares, amigos e colegas de profissão realizaram ainda um cortejo pedindo por justiça.

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais