Notícias

Brasil passa EUA em taxa de vacinação completa contra a Covid-19

Brasil chega perto dos 60% de imunizados com as duas doses da vacina; nos EUA, onde nunca houve falta de vacinas, esse número chega a 57%

Da redação 16/11/2021 • 11:00
Quatro tipos de imunizante são usados no Brasil
Quatro tipos de imunizante são usados no Brasil
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O Brasil ultrapassou os EUA na taxa de vacinação contra a Covid-19. De acordo com o site Our World in Data, ligado à Universidade de Oxford, o Brasil tem 59,75% de sua população completamente vacinada, enquanto os Estados Unidos têm 58%. 

Os dados do Brasil são referentes até o dia 14 de novembro. No caso dos EUA, valem até o dia 15 de novembro.

No Brasil, outros 16,10% tomaram a primeira dose e estão parcialmente imunizadas, de acordo com o site. Nos EUA, esse número é de 9,91%.

Desde 19 de abril, todos os adultos americanos estão aptos a receber a vacina. E nunca houve falta de doses nos estoques. Na mesma época, apenas grupos prioritários começavam a ser imunizados no Brasil.

Mas enquanto os Estados Unidos travavam uma batalha contra o movimento antivacina, o Brasil colhia os frutos da tradição em campanhas de imunização. A casa branca tem se esforçado para aumentar esse número.

Depois de oferecer benefícios --incluindo até dinheiro vivo-- o governo dos EUA passou a exigir que funcionários públicos e de empresas de grande porte estivessem vacinados para continuar trabalhando.

Em Nova Iorque, o número de imunizados é maior do que a média do país, alcançando 68%, ainda assim autoridades têm encontrado dificuldades. 

Dezenas de funcionários públicos foram suspensos e tiveram os salários cortados pela prefeitura depois de ter apresentado carteirinhas falsas de vacinação. 

Uma investigação foi aberta e além de perder o emprego, os funcionários serão julgados criminalmente. (Com informações de Eduardo Barão, correspondente)