Brasil Urgente

Casal é vítima de emboscada em SP ao tentar vender celular na internet

Suposta compradora pediu para fechar negócio em determinado endereço, mas vendedores foram recebidos a tiros

Maria Paula Limah, do Brasil Urgente 15/10/2021 • 17:19 - Atualizado em 15/10/2021 • 17:28
Suposta cliente pediu para fechar negócio em determinado endereço, mas vendedores foram recebidos a tiros
Suposta cliente pediu para fechar negócio em determinado endereço, mas vendedores foram recebidos a tiros
Reprodução

Um casal que tentava realizar vendas na internet foi vítima de uma emboscada, que terminou com um homem baleado em São Paulo.

O casal tinha anunciado a venda de peças de motos e de um celular no site OLX. Uma suposta compradora pediu para fechar o negócio em um encontro em uma rua de Guaianazes, na zona leste de São Paulo.

No entanto, assim que chegou ao local, o casal foi atacado por dois criminosos armados.

“A gente estava procurando o número, subiu a rua e não encontramos. A gente estava retornando, descendo a rua novamente”, contou a companheira do homem baleado, que acompanhava o deslocamento. “Já chegaram atirando no meu marido, deram dois disparos.”

Segundo ela, não houve tempo para qualquer reação. “A gente não acelerou, não tentou fugir, nada. Eles já chegaram atirando, na maior covardia possível”, relatou.

Durante a negociação, o casal de vendedores pediu para que a entrega fosse feita em um local público, mas a suposta compradora insistiu que a entrega e o pagamento fossem realizados em outro lugar.

“Tinha marcado de fazer a entrega em um local próximo, sem ser a casa dela. Nisso a pessoa falou que tinha muitos empecilhos, que estava com um bebê pequeno. A gente acabou se compadecendo, e por já ter tido uma venda que foi garantida, que foi certa, a gente pensou que não fosse ser nada de má-fé”, relata a mulher vítima do assalto.

A mulher entrou em pânico com o marido caído no chão e foi procurar ajuda de pessoas que trabalhavam nas proximidades. No local do crime, uma capa de celular e uma película ficaram no chão.

“Só ouvi o barulho. Muito grande, muito forte. Parecia uma explosão. Deve ter sido dois tiros em seguida, né? Achei que tivesse sido algum acidente. Depois que eu fiquei sabendo que tinha acontecido esse fato aí”, diz uma testemunha.

Os criminosos levaram o celular da vítima baleada, que seria vendido, e também a moto do casal. Até o momento, ninguém foi preso.

Em nota, a OLX diz que lamenta o ocorrido e que está à disposição das autoridades para colaborar na apuração do caso.