Brasil Urgente

"Cinderela do Crime" é presa após fugir do regime semiaberto

Ela é acusada de seduzir, dopar e roubar suas vítimas através do golpe conhecido como “Boa Noite, Cinderela”

Deborah Lopes 24/05/2022 • 17:15 - Atualizado em 24/05/2022 • 17:27
"Cinderela do Crime" é presa após fugir do regime semiaberto
"Cinderela do Crime" é presa após fugir do regime semiaberto
Reprodução

A polícia de São Paulo prendeu Gisele Reis Gonçalves, conhecida como “Cinderela do Crime”. Ela é acusada de seduzir, dopar e roubar suas vítimas através do golpe conhecido como “Boa Noite, Cinderela”. Ela havia fugido do regime semiaberto após ser condenada a seis anos e quatro meses de prisão

Gisele foi detida dentro de um carro de aplicativo na zona leste de São Paulo. Para despistar os agentes, ela se identificou como Bárbara, mas logo foi descoberta quando os policiais exigiram seus documentos.

A mulher agia através de um perfil em aplicativos de relacionamentos. As vítimas eram sempre homens com alto poder aquisitivo com idade entre 40 e 50 anos, e muitas vezes casados.

Ela marcava encontros em um apartamento que possui em um condomínio de luxo e aproveitava o momento de um simples brinde para dopar as vítimas e usar os cartões de crédito para fazer compras pela internet e em uma maquinha de cartões.