Brasil Urgente

Don Juan golpista, estelionatário que seduzia mulheres para roubar é preso

Homem foi preso em flagrante com carro de uma das vítimas; policiais já identificaram ao menos 6 mulheres enganadas por ele

Da redação, com Brasil Urgente 04/06/2021 • 18:56 - Atualizado em 04/06/2021 • 21:18

Ao ser preso, Renato Kleber Ferreira Da Silva prefere manter a cabeça baixa. Não olha para câmera e entra na viatura em silêncio. Metido a Don Juan, especialista em conquistar, enganar, roubar e destruir a vida de várias mulheres, Renato estaria dando golpes há pelo menos dois anos, segundo a polícia.

Uma mulher de 39 anos, que pede para não ser identificada, é apenas uma das vítimas do estelionatário. Atraída pela lábia convincente e por palavras que sempre quis ouvir, com juras de amor e promessas de uma vida feliz em família, ela demorou três meses para perceber que havia se envolvido com um criminoso. Quando se deu conta, já tinha perdido dois carros. Ainda assim, custou a acreditar no golpe.

Apesar da vergonha que sentia, a vítima procurou ajuda em uma delegacia de São Bernardo do Campo. Ela ainda ajudou a polícia a atrair Renato para uma armadilha marcando um falso encontro. Ele foi preso em flagrante com um dos carros dela, que ainda não tinha sido vendido pelo golpista.

A polícia acredita que o número de vítimas do golpista seja enorme. Renato já ficou preso por dez anos, seis deles por roubo e quatro por tráfico de drogas. A suspeita é que o estelionatário aplicava esses golpes há cerca de 2 anos.

Ao menos seis vítimas

Segundo a polícia, Renato se envolvia com várias mulheres ao mesmo tempo. Quando concluía o golpe, desaparecia. Em 24h de investigações, ao menos seis vítimas já foram identificadas. Também há homens que foram enganados por ele na venda de televisores e carros financiados pelas namoradas.

Segundo autoridades, outra mulher que também registrou queixa contra o criminoso. Aos 39 anos e mãe solteira, a mulher - que só queria ser feliz - acreditou nas falsas palavras do criminoso sem escrúpulos... que conheceu durante o trabalho, ao atendê-lo num posto de combustíveis.

Mas, do rápido romance, sobraram dívidas que ela não faz ideia de como pagar. Com o nome dela, Renato comprou eletrodomésticos e ainda financiou um carro de R$ 90 mil, cujo valor da prestação é quase o dobro do que ela ganha por mês.

O golpista sumiu com os bens e deixou os carnês para ela. Mais do que isso, ainda passou a torturá-la psicologicamente com ameaças. 

Ela mulher já tinha registrado queixa contra Renato. Mas só foi preso depois que a outra vítima procurou os policiais na delegacia de São Bernardo do Campo, no ABC paulista.

No celular de Renato, foram encontradas fotos de documentos de outras mulheres que, segundo a investigação, também podem ter sido vítimas de golpes. A polícia pediu a quebra do sigilo telefônico do estelionatário e o conteúdo do aparelho vai ser analisado.

Preso em flagrante por estelionato e violência doméstica, por conta das ameaças sofridas por uma das vítimas, Renato foi encaminhado à custódia com o pedido de prisão preventiva feito pelo delegado do caso. 

  • Segurança Pública