Brasil Urgente

Empresário fica gravemente ferido após abrir caixa bomba em SP

Assim que ele abriu a sacola, a bomba explodiu. A vítima teve ferimentos no rosto, no tronco e nos braços

Júlia Zampieri

Topo

Desavença, vingança ou tentativa de homicídio. O que ninguém imaginava era que uma simples caixa enviada pelo correio continha um artefato extremamente perigoso. Uma caixa bomba.

A sala da vítima ficou completamente destruída. Duas janelas foram quebradas com a explosão. O suspeito por trás desse crime é um homem de 74 anos, ex-diretor dessa empresa de Mogi Das Cruzes. Ele foi encontrado e preso pela polícia militar na noite da última sexta-feira (08). 

O crime aconteceu nessa empresa localizada no bairro ponte grande, que atua na fabricação de ar condicionado. A encomenda foi deixada na portaria do local e, em seguida, entregue ao atual diretor da empresa.

Assim que ele abriu a sacola, a bomba explodiu. A vítima teve ferimentos no rosto, no tronco e nos braços.

O diretor foi encaminhado em estado grave ao hospital municipal de Mogi das Cruzes e, em seguida, para um hospital de São Paulo, onde passou por cirurgia. Segundo as últimas informações divulgadas, a vítima segue internada e já não corre risco de morte.

Equipes do GATE, polícia militar e perícia compareceram no local, que foi examinado para ser eliminada qualquer suspeita de uma nova explosão.

Mais tarde, na casa do autor do crime, foram encontrados materiais para produção do artefato explosivo. O caso foi registrado na central de flagrantes de Mogi das Cruzes. O homem responde agora pelo crime de tentativa de homicídio.

Receba as principais notícias e vídeos da Band via WhatsApp; veja passo a passo

Tópicos relacionados