Brasil Urgente

Engenheiro cai em golpe em app de paquera, é sequestrado e perde R$ 40 mil

Polícia procura os integrantes da "quadrilha do pix"

da Redação com Brasil Urgente 09/06/2021 • 17:43 - Atualizado em 09/06/2021 • 17:51

Um engenheiro de 66 anos deixou a cidade de Jundiaí, no interior de São Paulo, atrás de um romance na capital. A promessa de encontro, no entanto, acabou virando um pesadelo com sequestro, ameaças e roubo de R$ 40 mil. As informações são do Brasil Urgente

Após alguns dias de conversa no Tinder, aplicativo de paquera, o homem combinou de se encontrar com uma mulher na rodovia Raposo Tavares, no Butantan, zona oeste. Acontece que ela não existia: era um perfil falso criado por criminosos para atrair vítimas.  

Próximo do quilômetro 15, o engenheiro foi cercado por criminosos armados e sequestrado. O destino foi a comunidade do Sapé, onde a vítima ficou amarrada dentro do carro, usado como cativeiro. 

Enquanto o homem era ameaçado por parte da quadrilha, outra parte realizava transferências bancárias através do Pix. Foram roubados cerca de R$ 40 mil durante 15 horas de sequestro.  

A polícia chegou ao local depois de uma denúncia. Ao avistarem as viaturas se aproximando, os bandidos fugiram a pé. A vítima foi resgatada em estado de choque e atendida.  

Os investigadores já têm pistas que podem levar aos suspeitos.  

Nesta semana, o Banco Central, órgão regulador do aplicativo do Pix, resolveu lançar uma ferramenta que prevê reembolso em caso de fraude. O mecanismo de devolução deve começar a valer em novembro.

  • quadrilha do pix
  • pix
  • São Paulo
  • crime
  • sequestro