Brasil Urgente

Golpe da pirâmide: líder é preso e polícia apreende R$ 40 mi em pedras preciosas

Prisão aconteceu em um condomínio de luxo em Indaiatuba, no interior de São Paulo

Da Redação, com Brasil Urgente 12/08/2021 • 18:30 - Atualizado em 12/08/2021 • 20:55
Polícia apreendeu 150 kg de rubis, avaliados em cerca de R$ 40 milhões
Polícia apreendeu 150 kg de rubis, avaliados em cerca de R$ 40 milhões
Reprodução TV

A polícia do Pará prendeu o líder de um esquema de pirâmide que lesou mais de 500 pessoas no estado. A prisão de Olavo Renato aconteceu em um condomínio de luxo em Indaiatuba, no interior de São Paulo, e a ação teve parceria com a Polícia Civil de São Paulo. 

Além disso, foram apreendidos 150 kg de rubis, avaliados entre US$ 6 milhões a US$ 8 milhões (entre R$ 31,5 milhões e R$ 42 milhões, na cotação atual).

Segundo o delegado Marcelo Mendes, essa é a segunda fase de uma operação que começou em Belém, que investigava contratos fechados com clientes da empresa Wolf Invest. 

O esquema

Olavo, que era sócio-proprietário, incentivava as pessoas a investir valores como R$ 100 mil, R$ 500 mil e até R$ 1 milhão.  adquirindo o dinheiro, investiu na aquisição dessas pedras preciosas, avaliadas entre US$ 6 milhões a R$ 8 milhões.

As pessoas eram incentivadas a investir R$ 100 mil, R$ 500 mil e até R$ 1 milhão, com a promessa de ter um retorno financeiro mensal, semestral ou anual em torno de 10% do valor investido. No final do contrato, todo o dinheiro seria devolvido.

  • Segurança Pública
  • Brasil