Notícias

Homem é preso após colocar fogo em carro com amante ainda viva na Grande SP

Suspeito foi preso em flagrante na casa onde morava em Mauá e confessou o crime

Carla Ramil

Homem é preso após colocar fogo em carro com amante ainda viva na Grande SP
Reprodução/Brasil Urgente

Alessandra Christina, de 34 anos, foi encontrada carbonizada dentro de um veículo em Mauá, na região metropolitana de São Paulo. O caso ocorreu na manhã da última terça-feira (9). A Guarda Civil Municipal de Mauá, região metropolitana de São Paulo, foi logo acionada por testemunhas.

A GCM ouviu pessoas que estavam próximas ao local do crime. Algumas relataram desconfiar de um homem que chegou em um Sandero branco, que teria comentado que estava ali para se encontrar com uma ficante.

A polícia também não demorou a identificar o principal suspeito do crime. Miqueias Bezerra de Almeida, de 41 anos. O suspeito foi preso em flagrante na casa onde morava em Mauá e confessou o crime.

A vítima e o suspeito mantinham um relacionamento extraconjugal há pouco mais de um ano. O homem era instrutor de autoescola e Alessandra foi aluna dele. Na delegacia ele afirmou que a relação sempre foi conturbada, onde tentou terminar várias vezes, mas que a moça fazia ameaças de contar a esposa do homem sobre o que caso que tinham se ele decidisse deixá-la.

Alessandra teria ficado revoltada e foi quando Miqueias revelou ter ido até o carro pegar um galão de combustível que tinha guardado. Voltou para o veículo onde a amante estava, jogou o líquido no banco do motorista e riscou o fósforo e em seguida, fugiu.

O acusado de feminicídio passou por audiência de custódia e teve a prisão preventiva decretada pela justiça. O corpo da cantora foi levado ao IML de Santo André, no ABC Paulista. Ela deixa um filho adolescente de um relacionamento anterior.

Tópicos relacionados