Brasil Urgente

Homem perde 11 familiares em deslizamento de terra após chuvas em Recife

Reginaldo estava com a esposa na cozinha da casa onde moravam quando outras seis residências desabaram. O casal foi resgatado por vizinhos, mas a filha de 31 anos não conseguiu escapar.

Carla Ramil 30/05/2022 • 16:20 - Atualizado em 31/05/2022 • 12:24

O motorista Reginaldo Ramos Feitosa perdeu 11 pessoas da família após um deslizamento de terra no Jardim Monte Verde, na zona sul de Recife, após as fortes chuvas que atingiram o estado nos últimos dias.

Reginaldo estava com a esposa na cozinha da casa onde moravam quando outras seis residências desabaram. O casal foi resgatado por vizinhos, mas a filha de 31 anos não conseguiu escapar.

“A gente estava na cozinha e minha filha no quarto, dormindo. Nesse momento a gente só escutou o estrondo, aquela rajada de avalanche. Veio por cima da gente. Só percebi os entulhos vindo para cima da gente. O impacto da avalanche jogou a gente fora”, disse em entrevista ao Brasil Urgente.

O motorista conta que tentou retornar ao local do desabamento para tentar salvar a filha, mas foi impedido pela esposa e por familiares.

“Eu voltei para salvar minha filha. Só que não deu porque a avalanche veio novamente. Outra queda de barreira e eu tive que sair de lá. Familiares e esposa não deixaram eu voltar. E eu fiquei com coração partido porque eu não pude salvar minha filha. O que faz eu sofrer é isso”, desabafou.

Chuva deixa 91 mortos

O número de mortos em decorrência da chuva no Grande Recife chegou a 100, sendo que  94 vítimas foram identificadas entre sexta-feira (27) e a noite de domingo (29) e mais nove corpos foram achados nesta segunda-feira (30). Dezesseis pessoas estão desaparecidas, segundo a Defesa Civil de Pernambuco

O Corpo de Bombeiros mantém as buscas por desaparecidos e pelo menos 15 barragens são monitoradas. O número de desabrigados passa de 6 mil.