Brasil Urgente

Homem que "mergulhou" em telhado já tinha cometido outro estupro

Suspeito foi identificado e tinha histórico de outros crimes

Da Redação, com Brasil Urgente 12/01/2022 • 17:52

O homem que “mergulhou” direto no telhado, em São Paulo (SP), depois de violentar sexualmente a moradora de uma casa que ele invadiu, já tinha sido preso por estupro.

Quando foi preso, na terça-feira (12), o suspeito não quis revelar o próprio nome. Agora, após identificação das digitais dele, a identidade foi revelada. É Isaac Caetano dos Santos, de 35 anos. 

Isaac foi preso há 12 anos por estuprar outra mulher em Franco da Rocha, na Grande São Paulo. No ano passado, ele deixou a cadeia por ter cumprido a pena. Mas os dias de liberdade não duraram muito. 

Isaac aproveitou a saída do marido da vítima e invadiu a casa. Ele abusou sexualmente da mulher e ameaçou ainda a nora dela, que segurava o filho de apenas 8 meses no colo. O terror durou cerca de uma hora, até que a mulher conseguiu se desvencilhar e trancá-lo no quarto. 

A PM chegou, então Isaac ameaçou se cortar com os vidros da destruição do quarto. Depois ele decidiu pular.

O criminoso foi levado ao hospital com ferimentos leves, mas já recebeu alta e foi preso em flagrante por estupro, tentativa de roubo e cárcere privado. Antes de cometer o estupro em 2009, ele já tinha sido preso por roubo e corrupção de menores.

A mulher agredida foi levada ao perola byington, referência no atendimento a vítimas de violência sexual. O bebê e a nora dela não precisaram de atendimento médico.