Brasil Urgente

PCC e Comando Vermelho brigam pela Amazônia como rota do tráfico e garimpo

Além do tráfico de drogas na Amazônia, facções criminosas também disputam a extração de madeira e o garimpo ilegais

Da redação

PCC e Comando Vermelho disputam territórios na Amazônia
PCC e Comando Vermelho disputam territórios na Amazônia
Reprodução/TV Band
Topo

O pulmão do mundo está infectado por facções criminosas como o PCC e o Comando Vermelho. 

Segundo um relatório divulgado pelo Fórum da Segurança Pública, mais de 20% de cidades amazônicas já registram a presença de facções criminosas. O Comando Vermelho está em quase 60 cidades, enquanto o PCC está em 28 municípios. É a guerra do tráfico.

Ainda segundo o levantamento, quase 9 milhões de pessoas vivem em meio às facções paulista e carioca. Há alguns anos, tanto maconha quanto cocaína só eram vendidas em grande escala na região de fronteira com o Paraguai. Essa exclusividade terminou e abriu margem para a expansão do tráfico na América do Sul.

A Floresta Amazônica se tornou rota para chegar em estados do Norte e Nordeste, além dos portos. O objetivo é mandar, principalmente, a pasta base de cocaína para a Europa. 

A disputa entre os dois grupos criminosos na Amazônia não se limita apenas ao controle do tráfico. Eles estão envolvidos também com a extração ilegal de madeira e garimpo, em busca de pedras e metais precisos, como o ouro.

Receba as principais notícias e vídeos da Band via WhatsApp; veja passo a passo

Tópicos relacionados