Brasil Urgente

PCC teria proibido festas por 15 dias em comunidade de SP

A imagem de um homem atirando para o alto e encerrando um baile funk na zona norte de São Paulo viralizou rapidamente

Da Redação, com Brasil Urgente 05/04/2021 • 20:26

A imagem de um homem atirando para o alto e encerrando um baile funk no Jardim Vista Alegre, zona norte de São Paulo, na madrugada do último domingo (4), viralizou rapidamente. E, segundo os moradores e testemunhas, o homem que aparece empunhando um fuzil seria uma liderança da facção paulista PCC e a ação foi para dispersar a aglomeração. 

A informação que circula no bairro da região da Brasilândia é de que, durante os próximos 15 dias, estão proibidos qualquer tipo de festa ou aglomerações, por ordem do crime organizado. As informações são do Brasil Urgente.

Em meia hora, a balada acabou e as ruas ficaram desertas depois dos tiros. De dentro de um carro, um motorista aterrorizado, gravou parte da cena de terror em plena praça pública. 

O homem que fez os disparos ainda não foi identificado pela polícia. 

Por meio das redes sociais, os moradores da região se mostravam contentes com a notícia do fim dos bailes no bairro. Outros falavam da omissão do Estado e aprovavam o toque de recolher imposto pelo crime. 

Em nota, a Polícia Militar diz que foi chamada às 2h30 para atender a uma ocorrência de disparo de arma de fogo, mas não localizou o acusado. E que o serviço de inteligência já trabalha para identificá-lo. 

  • lockdown
  • pcc
  • covid-19
  • medidas restritivas