Brasil Urgente

Polícia Civil de SP apreende fuzis, pistolas e munições que seriam do PCC

Armas seriam produtos adquiridos pelos mebros da facção por lavagem de dinheiro e do tráfico de drogas

Da Redação 27/06/2022 • 19:31 - Atualizado em 28/06/2022 • 06:32

A Polícia Civil de São Paulo apreendeu, nesta segunda-feira (27), armas legalizadas que seriam de posse do Primeiro Comando da Capital (PCC), facção que domina o tráfico de drogas em São Paulo.  

Segundo a polícia, integrantes do grupo criminoso usavam fuzil, metralhadora e pistolas legalizadas. A apreensão foi feita enquanto a polícia realizou mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao traficante João Cabeludo. O homem seria um dos responsáveis pela distribuição de drogas em São José dos Campos (SP), e esta entre os foragidos mais procurados do país.  

Ainda segundo a polícia, as armas são produtos adquiridos por lavagem de dinheiro e do tráfico de drogas. 

A operação deflagrada pela Delegacia Especializada de Investigações Criminais(DEIC), ocorre em 11 cidades, na grande São Paulo, capital, litoral sul e no interior.  

Até o momento, além das armas, foram apreendidos cerca de R$ 60 milhões divididos em carros e imóveis de luxo e jóias. Segundo a investigação, cerca de 100 contas bancárias seriam usadas por laranjas para lavar o dinheiro do tráfico de drogas.

João Aparecido Ferraz Neto, "João Cabeludo", continua foragido. O homem suspeito de comandar o tráfico em São José dos Campos, é considerado de alta periculosidade, consta na lista divulgada pelo Ministério da Defsa como um dos mais procurados no País. A polícia acredita que Cabeludo tenha buscado abrigo na Bolívia.