Brasil Urgente

Polícia de SP prende mais de 300 envolvidos em roubo de celulares e quadrilhas do Pix

Foco da megaoperação da Polícia Civil foram suspeitos e acusados por crimes contra o patrimônio

da Redação com Brasil Urgente 28/09/2021 • 16:52 - Atualizado em 16/11/2021 • 12:46

A Polícia Civil de São Paulo prendeu nesta terça-feira (28) mais de 300 pessoas suspeitas ou acusadas por envolvimento em crimes contra o patrimônio na capital, especialmente roubo de celulares e “quadrilhas do Pix”. As informações são do Brasil Urgente.  

Desde o início da manhã, mais de mil policiais em centenas de viaturas foram mobilizados para a megaoperação “Capital Mais Segura IV” à procura de foragidos. 

As ações foram realizadas simultaneamente em toda a cidade para cumprir 113 mandados de prisão expedidos pela Justiça, além de prisões em flagrantes e apreensões de armas e drogas.

Ao menos 1,6 mil aparelhos celulares foram apreendidos para averiguação.  

A operação foi coordenada pelo Departamento de Polícia Judiciária da Capital (Decap) e contou com apoio das oito Delegacias Seccionais de Polícia subordinadas ao Decap, dos Grupos Armado de Repressão a Roubos e Assaltos (Garra) e Especial de Reação (GER), do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope) e da Guarda Civil Metropolitana.