Brasil Urgente

Policial civil é baleado e morto após discussão com PMs em delegacia no Guarujá

Policial Civil não gostou de ver amigo sendo detido e atirou em direção aos policiais militares, que revidaram

Marcelo Moreira 28/02/2022 • 17:33 - Atualizado em 28/02/2022 • 21:37
Policial civil é baleado e morto após discussão com PMs em delegacia no Guarujá
Policial civil é baleado e morto após discussão com PMs em delegacia no Guarujá
Reprodução

Um policial civil foi baleado e morto após uma discussão com policiais militares em uma delegacia no Guarujá, no litoral de São Paulo.

Segundo a Polícia Militar, um suspeito não gostou de ser revistado na Praia da Enseada, reagiu, ofendeu os policiais e acabou sendo preso em flagrante por desacato e desobediência.

O acusado diz que não havia motivo para a tal abordagem e que foi agredido antes pela equipe da Força Tática.

Na delegacia do Guarujá, o suspeito recebeu a visita de um parente, o policial civil Eduardo Brazolin, que bastante alterado, foi tirar satisfação com os policiais militares e fez disparos. A PM revidou com tiros de fuzil.

Brazolin levou três tiros e foi socorrido, mas não resistiu. Dois policiais foram baleados de raspão no momento da confusão e não correm risco de morte.

A Polícia Civil abriu inquérito para apurar o crime e já sabe que o agente tinha atritos com alguns PMs do Guarujá. A Corregedoria da PM investigará a conduta dos policiais da força tática.

O suspeito que reagiu a abordagem vai responder em liberdade por desobediência e desacato.

Vídeo: Policial surta em reunião dos Narcóticos Anônimos e mata colega em SP