Brasil Urgente

Quadrilha invade casa do apresentador Fábio Arruda em São Paulo

Criminosos renderam quatro pessoas e levaram um relógio; polícia investiga o caso

Da Redação, com Brasil Urgente 16/09/2021 • 17:08 - Atualizado em 16/09/2021 • 18:08

A casa do apresentador e consultor de etiqueta Fábio Arruda foi invadida por assaltantes na manhã desta quinta-feira (16), em São Paulo. As informações são do Brasil Urgente.

O crime aconteceu na avenida Brigadeiro Luiz Antônio, um dos principais corredores viários da zona sul da capital paulista. Lá dentro, os criminosos renderam quatro pessoas - incluindo Fábio, que foi tirado do próprio quarto.

“Chegaram para entregar um presente para mim. O tempo inteiro falando do Fábio Arruda, que era para o Fábio Arruda, de uma amiga do Fábio Arruda”, contou o apresentador. Depois, disse que os criminosos renderam os funcionários do local, junto com Arruda, e entraram no local com diversas ferramentas, como pés-de-cabra.

A todo momento, a quadrilha pedia por joias e objeto de valor. A reação do apresentador, que começou a gritar por ajuda, surpreendeu os criminosos. Ele reconheceu que teve uma atitude intempestiva ao discutir e gritar com os bandidos.

“Eu tive uma atitude, Datena, que eu quero frisar que as pessoas não tenham. Foi impensado, uma coisa absurda, mas eu reagi, gritava para que eles saíssem da minha casa, que eu tinha câmeras, que a polícia ia estar aqui em minutos”, relembrou.

Diante da reação, os criminosos fugiram levando um relógio do apresentador, deixado no quarto. A polícia foi contatada e apareceu em pouco tempo.

“Meu hóspede, que é um amigo querido, até chorou, se descontrolou. Ele falou: ‘Perdão, porque eu tranquei a porta e não te ajudei’. Porque eles falavam: ‘Abre que a gente vai matar o Fábio Arruda’”, acrescentou Arruda.

“Em 10 minutos, você tinha essa força-tarefa inteira aqui. Bobearam, bobearam forte”, declarou.

Policiais do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos), uma divisão do Dope (Departamento de Operações Policiais Estratégicas) da Polícia Civil de São Paulo, também foram ao local e iniciaram uma varredura pelos bandidos, que usavam um automóvel Hyundai HB20 com placas clonadas. Eles fugiram do local com um Polo placa DKH 1C13

A investigação acredita que a quadrilha teve acesso a informações privilegiadas antes da invasão.

A perícia foi feita na casa do apresentador para colher impressões digitais. Imagens de câmeras de segurança devem ajudar na investigação. A Polícia Militar diz que região costuma registrar roubos de relógios e de residências.

“Só posso agradecer a Deus. Sou uma pessoa muito religiosa. Tenho certeza de que fui muito protegido por Deus e pela polícia”, completou Fábio Arruda.

  • São Paulo
  • SP
  • Fábio Arruda
  • Polícia Civil
  • Polícia Militar