Canal Livre

Ex-ministro da Fazenda apoia 'taxa das blusinhas': 'Absolutamente correto'

Rubens Ricupero é o convidado do Canal Livre deste domingo (2), que compartilha histórias e fala dos rumos da política mundial

Da redação

O ex-ministro da Fazenda e diplomata Rubens Ricupero defendeu a taxação das compras internacionais no Brasil, conhecida como ‘taxa das blusinhas’. Ele é o convidado do Canal Livre deste domingo (2), onde compartilha histórias e fala dos rumos da política mundial. 

Ao falar do projeto que visa taxar em 20% todas as compras internacionais, Ricupero citou que a tributação vai além da proteção da produção nacional. “O Brasil deve ser o único país do mundo que taxa mais os produtores internos que os estrangeiros. O mínimo que você possa esperar é isonomia, igualdade de condições. Acho absolutamente correto”, pontua. 

No programa, ele citou a força dos chineses na produção mundial. “Acho absolutamente correto, porque os chineses são muito astuciosos, eles passam por baixo de tudo. Você faz US$ 50, eles dividem em pacotes de US$ 25, eles conquistaram essa situação no mundo, claro que competentes, mas eles dão subsídios, não cobram impostos, eles têm uma série de vantagens que nenhum outro país tem”, comentou. 

Ricupero também comparou a proposta do Brasil com a atual dos Estados Unidos. “Se não fizéssemos isso, estaríamos pior que os americanos, porque eles colocam uma taxa de 100%, nós vamos botar 20%. O Trump mesmo disse que se for eleito, ele fala do Brasil que é um país protecionista e tal, mas ele diz que vai botar tarifa em tudo o que é coisa, para proteger o emprego nacional. Não digo que devemos fazer o mesmo, mas pelo menos não castigar o produtor nacional, porque ele tem uma desvantagem enorme", argumentou. 

O BandNews TV, na TV fechada e o canal Band Jornalismo, no YouTube, transmitem o Canal Livre às 20h. Depois do “Top Cine”, o programa é reexibido na TV aberta, na tela da Band, às 23h30. 

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais