Notícias

Cão que esperava pelo dono morto diante de hospital reencontra a antiga família

Max fugiu de casa há 2 meses e foi adotado por um homem, que faleceu; depois de esperá-lo por um mês diante da UPA, o cachorro achou seus antigos donos

Abinoan Santiago 28/11/2021 • 17:25
Max esperou pelo homem que o adotou por um mês diante da UPA, até que sua família o achou
Max esperou pelo homem que o adotou por um mês diante da UPA, até que sua família o achou
Reprodução/Facebook

A história de um cão vira-lata que esperava pelo dono que morreu em um hospital de Guarujá, litoral de São Paulo, comoveu internautas. Chamado de “Max”, o animal acabou resgatado da unidade de saúde pelo Canil Municipal e o destino o recolocou no caminho da sua primeira tutora.  

De acordo com o canil, cachorro esperava há cerca de um mês pelo dono na porta do Pronto Atendimento Médico (PAM) Rodoviária. Inicialmente, ele foi chamado de “Hashiko” pelas equipes, já que sua história lembrava a do cão japonês que esperava pelo dono morto em uma estação de trem de Tóquio.

O canil o resgatou e publicou uma foto do animal nas redes sociais a fim de encontrar um novo dono cuidá-lo.  O caso viralizou e chegou até à primeira tutora do pet.

A mulher contou às equipes do canil que havia perdido o cachorro há dois meses e que o nome verdadeiro do “Hashiko” é “Max”. No período que vagou pela rua à procura da primeira dona, o cão acabou sendo adotado por um morador de rua que morreu após ser internado no hospital de Guarujá.  

Segundo o Canil Municipal de Guarujá, Max não se conteve de alegria ao rever a sua primeira família.  

“Graças aos compartilhamentos, a publicação chegou até sua dona, e o verdadeiro nome dele é Max. Que ele seja muito feliz com a sua família novamente. O Max ficou todo feliz ao ver sua mamãe”, postou o órgão nas redes sociais.