Notícias

Pirenópolis (GO) tem centro histórico alagado e pede fechamento de cachoeiras

Vídeos obtidos pela BandNews TV mostram correnteza atingindo a Rua do Lazer

Flávia Vinhal na BandNews TV 12/01/2022 • 08:59 - Atualizado em 12/01/2022 • 14:43

Após registrar alagamentos em diversas partes da cidade, incluindo no centro histórico, a prefeitura de Pirenópolis, em Goiás, emitiu um alerta recomendando o fechamento do acesso de turistas às cachoeiras da região. 

Imagens desta terça-feira (11) obtidas pela BandNews TV mostram uma correnteza atingindo a Rua do Lazer, principal via de bares e restaurantes do município, que costuma atrair grande número de visitantes nesta época. 

Em comunicado, a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Pirenópolis, considerando o Alerta Laranja de Chuvas Intensas publicado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), “alertou toda a população sobre a possibilidade de ocorrências como queda de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e descargas elétricas”. 

Segundo a nota, moradores de áreas de risco devem deixar suas casas, já que alagamentos poderão ocorrer às margens dos rios e córregos. O texto diz também que, em caso de rajadas de vento, as pessoas não devem se abrigar debaixo de árvores nem estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. 

“Recomenda-se, ainda, aos representantes de atrativos turísticos como cachoeiras, balneários, acampamentos e etc, que não permitam a entrada de visitantes durante o período de chuvas intensas, em razão do risco de fenômenos como a cabeça d'água e tromba d'água”, finaliza o comunicado. 

Além de Pirenópolis, houve alertas de alagamentos para Corumbá, Alto Paraíso e Cavalcante – estes últimos, municípios na região da Chapada dos Veadeiros. As fortes chuvas que atingem o Centro-Oeste afetam também áreas do Mato Grosso e do Mato Grosso do Sul.

Vídeo: Turismo quer mapeamento de pontos de risco para evitar tragédias