Tamanho de fonte
Atualizado em sexta-feira, 18 de maio de 2012 - 14h34

Alunos da Unifesp apoiam professores em greve

A manifestação acontece no dia marcado para inauguração do Campi, e quando a presidente e o ministro da educação estariam no local
Os estudantes apoiam os funcionários, em greve desde o dia 10 deste mês / NILTON FUKUDA / AE Os estudantes apoiam os funcionários, em greve desde o dia 10 deste mês NILTON FUKUDA / AE

 

Alunos da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) da unidade José Alencar Gomes da Silva, em Diadema (SP), realizam uma manifestação de apoio à greve dos professores.

 

Cerca de cem docentes decidiram no dia 10 de maio esta paralisação para exigir a incorporação de gratificações e bônus aos salários e reivindicando melhorias nos campus de Diadema. Os outros cinco campi da Unifesp farão assembleia na próxima terça-feira para decidir sobre a greve.

 

A manifestação acontece no dia marcado para inauguração do Campi, e quando a presidente Dilma e o ministro da educação, Aloizio Mercadante estariam no local. Entretanto, inauguração foi suspensa após ambos terem cancelado a visita oficial.