Tamanho de fonte
Atualizado em quinta-feira, 17 de janeiro de 2013 - 10h13

Tijuca se recupera dos alagamentos

No entanto, o bairro da zona norte, que foi o mais atingido pelas chuvas, ainda sofre com as consequências das enchentes
Por conta das fortes chuvas, asfalto da avenida Maracanã cedeu, surgindo um buraco / Rudy Trindade/Frame/Folhapress Por conta das fortes chuvas, asfalto da avenida Maracanã cedeu, surgindo um buraco Rudy Trindade/Frame/Folhapress

Ontem foi dia de limpar a lama e contabilizar prejuízos para moradores e lojistas da Tijuca, na zona norte. A região foi a mais afetada pelo temporal: em três horas, choveu no bairro o que era previsto para dez dias do mês de janeiro, segundo a prefeitura.

 

Leia outras notícias do Metro Rio desta quarta-feira


Sete casas de uma vila residencial na rua Carvalho Alvim foram interditadas pela Defesa Civil. O local foi alvo de uma avalanche de pedras e lama na noite de terça. Seis famílias ficaram desalojadas. Devido às enchentes, três estações do Metrô tiveram de ser fechadas antes da hora normal. Foram elas: Saes Peña, São Francisco Xavier Afonso Pena. O rio Maracanã transbordou na altura da praça Varnhagen.

 

A CET-Rio interditou uma pista da avenida Maracanã na altura da rua Pinto de Figueiredo, sentido Centro. O trecho foi danificado pela força da chuva. A equipe da Secretaria Municipal de Conservação já realiza a restauração no asfalto. A zona oeste e os bairros de Copacabana e Ipanema também sofreram com o temporal.

 

O planejamento das obras do Piscinão da Tijuca sofreram mudanças ontem. A Prefeitura informou que não utilizará mais o espaço do estacionamento de um supermercado no Boulevard 28 de Setembro. O novo reservatório ficará agora no subsolo das praças Varnhagen e Niterói. O dispositivo escoará o volume d’água originado pelas chuvas. O Prefeito Eduardo Paes anunciou que o projeto deve ser inaugurado no primeiro semestre de 2014.

 

O Centro de Operações da Prefeitura está em estado de vigilância desde a manhã de ontem. A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) é de que hoje haverá pancadas de chuva isoladas.

 

Caxias recebe auxílio

 

O Ministério da Integração Nacional liberou R$ 1,25 milhão para o município de Duque de Caxias ontem. A verba será destinada à recuperação da cidade após as chuvas. Moradores ainda sofrem as consequências das enchentes do fim do ano.

 

Confira outras edições do Metro pelo país