Notícias

Cristo Redentor movimenta R$ 1,4 bilhão na economia e gera 21 mil empregos

Estudo da FGV apontou que mais quase 2 milhões de pessoas visitam o monumento todos os anos

Luanna Bernardes, da BandNews FM Rio
Turistas ao pé do Cristo Redentor, no Rio
Turistas ao pé do Cristo Redentor, no Rio
Tânia Rêgo/Agência Brasil

O Cristo Redentor gera um impacto econômico anual ao Estado do Rio de aproximadamente R$ 1,462 bilhão. Cerca de R$ 192 milhões são em tributos gerados pela movimentação econômica. São mais de 21 mil empregos gerados de forma direta ou indireta. 

Os números são de uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que aponta que 17% dos estrangeiros consideram o Cristo o principal símbolo do Brasil. Mais de 99% dos visitantes consideram a visita ao Cristo uma experiência única. 

O monumento é o ponto turístico mais visitado por estrangeiros no Brasil. São 1,9 milhões de visitantes todos os anos. Ainda segundo a pesquisa, 35% são turistas internacionais, com gasto médio de R$ 605.

De acordo com o levantamento, 44% são turistas brasileiros, com gasto médio de R$ 402. Excursionistas representam 12% dos visitantes, com gasto médico de R$ 310. Já os moradores do Rio representam 8% de todos os visitantes, com gasto médio de R$ 168.

Vídeo: curiosidades da construção do Cristo Redentor, o "santuário a céu aberto"

Tópicos relacionados

Mais notícias

Carregar mais