Notícias

Digitais de acusado de matar médico no Rio são encontradas no carro da vítima

Polícia Civil concluiu que Tiago Barbosa dos Santos fez o disparo que matou o cirurgião plástico Claudio Marsili

Clara Nery, da BandNews FM Rio 22/10/2021 • 17:51
Imagens de câmeras de segurança e relatos de testemunhas ajudaram nas investigações
Imagens de câmeras de segurança e relatos de testemunhas ajudaram nas investigações
Reprodução/PCERJ

As digitais do homem acusado de matar o cirurgião plástico Claudio Marsili, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, foram encontradas no carro da vítima, segundo a Polícia Civil. 

A corporação concluiu que Tiago Barbosa dos Santos fez o disparo que matou o médico de 64 anos. Imagens de câmeras de segurança e relatos de testemunhas ajudaram nas investigações. 

A digital de Thiago foi encontrada na parte interna da janela esquerda da parte de trás do veículo. Testemunhas contaram durante depoimento que o autor dos disparos desembarcou da parte traseira.

Imagens de novas câmeras de segurança revelaram também que o autor dos disparos roubou a mochila do médico e levou sozinho o carro da vítima. O homem que aparece no vídeo tem estatura baixa e pele clara, características semelhantes às de Tiago.

Ele foi preso no Morro do Turano, na Zona Norte do Rio, com a mochila do cirurgião.